sábado, 31 de outubro de 2009

POEMA QUASE ERÓTICO

Em um momento de descontração, o grande poeta Carlos Drumond de
Andrade   escreveu:

'Satânico é meu pensamento a teu respeito, e ardente é o meu desejo de apertar-te em minha mão, numa sede de vingança incontestável pelo que me fizeste ontem. 
A noite era quente e calma e eu estava em minha cama, quando, sorrateiramente, te aproximaste. 
Encostaste o teu corpo sem roupa no meu corpo nu, sem o mínimo pudor! 
Percebendo minha aparente indiferença, aconchegaste-te a mim e mordeste-me sem escrúpulos. 
Até nos mais íntimos lugares. Eu adormeci. Hoje quando acordei, procurei-te numa ânsia ardente, mas em vão. 
Deixaste em meu corpo e no lençol provas irrefutáveis do que entre nós ocorreu durante a noite. 
Esta noite recolho-me mais cedo, para na mesma cama te esperar. Quando chegares, quero te agarrar com avidez e força. 
Quero te apertar com todas as forças de minhas mãos. 
Só descansarei quando vir sair o sangue quente do seu corpo. 
Só assim, livrar-me-ei de ti, 
pernilongo Filho da Puta!'

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Enquanto isso, no rodízio...

- Estômago: - Cara, manera aê com o que vai comer. Essa semana foi foda. Manda uns vegetais pra dentro, porque as coisas no intestino estão feias.

Primeiro prato (800g): Arroz, feijoada, cupim, picanha, coração de galinha e tomate.

Estômago: - Tá de sacanagem, né? Duas rodelas de tomate? E essas carnes mal-passadas? Pelo menos mastiga direito essa porra.

Segundo prato (550g): Arroz, costela, picanha, alcatra e salada de maionese.

Estômago: - Chega de carne, cara, não cabe mais nada aqui. Lembra daquela úlcera? Tá faltando pouco pra cicatriz abrir. Tu quer fuder com tudo, né ? Manda um pouco de água.

Bebida: Coca-Cola 600ml

Estômago: - Seu imbecil, eu falei um pouco de água.
Eu: - Ué, Coca-Cola tem água. E ainda ajuda a dissolver a carne.
Estômago: - Coca-cola tem o inferno dentro, porra. Tá fudendo aqui com o suco-gástrico.
Esposa: - Amor, com quem você tá falando?
Eu: - Nada, não, tô pensando alto.

Sobremesa: 300g de pudim.

Estômago: - Eita porra, cabe mais não. Tá ouvindo?
Intestino: - O que tá acontecendo aí em cima? Que zona é essa?
Estômago: - O cara tá empurrando comida. Agora veio pudim pra dentro. Não sei mais o que fazer.
Intestino: - Vamos mandar direto.
Estômago: - O quê?
Intestino: - É isso aí, operação descarga.
Estômago: - Cara, o cérebro não vai gostar.
Intestino: - Foda-se o cérebro, ele nunca veio aqui em baixo pra saber como são as coisas.
Estômago: - Vamos dar mais uma chance pra ele. Eu acho que ele não vai mais...

Bebida 2: Cafezinho.

Estômago - Filho de uma puta. Vou explodir.
Intestino - Operação descarga iniciando. Anda, libera o canal do duodeno que eu já tô conversando com o esfíncter.
Coração - Que que tá havendo aí embaixo? A adrenalina tá aumentando muito.
Intestino - Operação descarga.
Coração - Quem autorizou isso? O cérebro não me mandou nada.
Estômago - Foda-se aquela geléia! Nem músculo tem.
Intestino - É isso aê, foda-se essa géleia inútil. Vinte segundos pra abrir o esfíncter anal. Quero ver o ânus arder com esse suco gástrico.

Esposa - Amor, você tá passando bem? Tá suando todo, aonde você vai?
Eu - Preciso ir ao banheiro, urgente. Paga a conta e me espera no carro.
Esposa - O que você comeu pra isso?
Eu - Não sei. Acho que foi o tomate.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Paulinia Arena Music

Oi gente
Hoje eu vou postar algumas fotos da festa que fui em minha cidade (Paulinia/SP)
São do dia 17/10/2009 durante o show da dupla Edson e Hudson.. 
Show perfeito diga-se de passagem.. porem eles não estão nas fotos :( rsrs
sou eu e meus amigos..
um bjo a todos!



essas são minha irmã Mirane e a amiga Missayde..





Olha como estava cheio..





Agora já estavamos na arena.. Flora, Missayde e Eu. (para onde eu estava olhando?)






Eu e minha parceira.. Pri.. minha herança.. rs





Brahmeiras





Missayde (primuxa)

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

VIVER DESPENTEADA



Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida lhe despenteie, por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade...
O mundo é louco, definitivamente louco:
O que é gostoso, engorda.  

O que é lindo, custa caro.
O sol que ilumina o teu rosto, enruga.
E o que é realmente bom dessa vida, despenteia...
- Fazer  amor, despenteia.
- Rir às gargalhadas, despenteia.
- Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.
- Tirar a roupa, despenteia.
- Beijar a pessoa amada, despenteia.
- Brincar, despenteia.
- Cantar até ficar sem ar, despenteia.
- Dançar até duvidar se foi boa idéia colocar 
aqueles saltos gigantes essa noite, deixa seu cabelo irreconhecível...
Então, cada vez que nos vejamos
 e 
eu estiver com o cabelo bagunçado...
pode ter certeza: Estarei passando por um momento feliz!



Obs.: Postagem feita em homenagem a minha amiga Meire ou se quiserem chamem de Lua ou então Girassol.. Qualquer coisa SIMPLES ASSIM!!

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Paulina Arena Music

Gente ta rolando aqui na minha cidade uma festa de rodeio..
é a final da PBR Brasil
Começou ontem e eu fui.. tava muito bom!!!
São os mesmos organizadores da festa de Barretos..

Acompanhem a programação musical:
15/10/09 - Zé Henrique e Gabriel / Maria Cecília e Rodolfo ----> eu fui e estava ótimo.. rsrs

16/10/09 - Thales e Thiago / João Bosco e Vinicius ----> é hoje.. quem quiser ir ainda da tempo

17/10/09 - Edson e Hudson / Fernando e Sorocaba

18/10/09 -m Gino e Geno / Chico Amada e Xodó ----> ENTRADA GRATUITA!!!!

Quem quiser maiores informações acesse o site:
http://www.pauliniaarena.com.br/

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Conversa entre 2 crianças modernas

-E aí, véio?

-Blz, cara?


-Ah, mais ou menos! Ando chateado com algumas coisas..


-Você quer conversar sobre o assunto?


-É minha mãe, ela anda me falando umas coisas estranhas, me botando um terror, manja?


-Como assim?


-Por exemplo: há alguns dias, antes de dormir, ela veio com um papo doido aí. Mandou eu dormir logo senão uma tal de Cuca ia vir me pegar. Mas eu nem sei quem é essa Cuca, pô. O que eu fiz pra essa mina querer me pegar? Você me conhece desde que eu nasci, já me viu mexer com alguém?

-Nunca.

-Pois é. Mas o pior veio depois. O papo doido continuou.. Minha mãe disse que quando a tal da Cuca viesse, eu ia estar sozinho, porque meu pai tinha ido pra roça e minha mãe passear. Mas tipo, o que meu pai foi fazer na roça? E mais: como minha mãe foi passear se eu tava vendo ela ali na minha frente? Será que eu sou adotado, cara?


-Sabe a sua vizinha ali da casa amarela? Minha mãe diz que ela tem uma hortinha no fundo do quintal. Planta vários legumes. Será que sua mãe não quis dizer que seu pai deu um pulo por lá?

-Hmmmm. pode ser. Mas o que será que ele foi fazer lá? VIXE! Será que meu pai tem um caso com a vizinha?


-Como assim, véio?


-Pô, ela deixou bem claro que a minha mãe tinha ido passear. Então ela não é minha mãe. Se meu pai foi na casa da vizinha, vai ver eles dois tão de caso. Ele passou lá, pegou ela e os dois foram passear. É isso, cara. Eu sou filho da vizinha. Só pode!


-Calma, maninho.. Você tá nervoso e não pode tirar conclusões precipitadas.


-Sei lá. Por um lado pode até ser melhor assim, viu? Fiquei sabendo de umas coisas estranhas sobre a minha mãe.


-Tipo o quê?


-Ela me contou um dia desses que pegou um pau e atirou em um gato. Assim, do nada. Puta maldade, meu! Vê se isso é coisa que se faça com o bichano!


-Caramba! Mas por que ela fez isso?


-Pra matar o gato. Pura maldade mesmo. Mas parece que o gato não morreu.


-Ainda bem. Pô, sua mãe é perturbada, cara.


-E sabe a Francisca ali da esquina?


-A Dona Chica? Sei sim.


-Parece que ela tava junto na hora e não fez nada. Só ficou lá, paradona, admirada vendo o gato berrar de dor.


-Putz grila. Esses adultos às vezes fazem cada coisa que não dá pra entender.


-Pois é. Vai ver é até melhor ela não ser minha mãe, né? Ela me contou isso de boa, cantando, sabe? Como se estivesse feliz por ter feito essa selvageria. Um absurdo. E eu percebo também que ela não gosta muito de mim. Esses dias ela ficou tentando me assustar, fazendo um monte de careta. Eu não achei legal, né. Aí ela começou a falar que ia chamar um boi com cara preta pra me levar embora.


-Nossa, véio. Com certeza ela não é sua mãe. Nunca que uma mãe ia fazer isso com o filho.


-Mas é ruim saber que o casamento deles é essa zona, né? Que meu pai sai com a vizinha e tal. Apesar que eu acho que ele também leva uns chifres, sabe? Um dia ela me contou que lá no bosque do final da rua mora um cara, que eu imagino que deva ser muito bonitão, porque ela chama ele de 'Anjo'. E ela disse que o tal do Anjo roubou o coração dela. Ela até falou um dia que se fosse a dona da rua, mandava colocar ladrilho em tudo, só pra ele pode passar desfilando e tal.


-Nossa, que casamento bagunçado esse. Era melhor separar logo.


-É. só sei que tô cansado desses papos doidos dela, sabe? Às vezes ela fala algumas coisas sem sentido nenhum. Ontem mesmo veio me falar que a vizinha cria perereca em gaiola, cara. Vê se pode? Só tem louco nessa rua.


-Ixi, cara. Mas a vizinha não é sua mãe?


-Putz, é mesmo! Tô ferrado de qualquer jeito.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

$$$ Presentes que não custam Dinheiro $$$


O PRESENTE DE ESCUTAR Você realmente deve escutar. Nada de interromper, nada de sonhar acordado, nada de planejar sua resposta. Apenas escute com interesse, afeto e atenção.


O PRESENTO DO AFETO - Seja generoso com abraços e beijos, tapinhas nas costas e aperto de mãos na hora certa. Deixe estas pequenas atitudes demonstrarem o amor que você tem.


O PRESENTE DA RISADA - Recorte desenhos. Compartilhe artigos e histórias engraçadas. Seu presente vai dizer "eu adoro rir com você".


O PRESENTE DA PALAVRA AMIGA - Pode ser um simples "Obrigado pela ajuda" ou um soneto inteiro. Um e-mail ou um bilhete, mesmo pequeno, manuscrito, pode ser lembrado por toda a vida e pode ate mudar uma vida. Diga do seu amor, gratidão por algo específico que a outra pessoa fez ou simplesmente por sua amizade.
  
O PRESENTE DO ELOGIO ESPONTÂNEO -  Um simples e sincero, "Você fica bem de vermelho...", "Você fez um excelente trabalho" ou "A comida estava maravilhosa!" pode tornar o dia de alguém melhor, muito melhor.


O PRESENTE SURPRESA!!! Frequentemente, saia da rotina e faça alguma coisa gentil. Telefone para perguntar como vai, passe por lá para deixar um abraço.


O PRESENTE DA SOLIDÃO - Há momentos quando não queremos nada além de ficar sozinhos. Seja sensível a esses momentos e dê o presente da solidão respeitando o amigo como pessoa se, entretanto, deixar dúvidas quanto ao seu apoio incondicional.


O PRESENTE DA DISPOSIÇÃO ALEGRE - O caminho mais fácil para nos sentirmos bem é dizer uma palavra gentil a alguem. De fato, não é tão dificil assim dizer, "Olá!" ou "Muito Obrigado" ou ainda "TENHA UM OTIMO DIA!"

Ocorreu um erro neste gadget